descomplicados-logo-preto

Viajar em Família

Viajar em família é uma experiência enriquecedora, é uma oportunidade de criar memórias duradouras. Muito mais do que simplesmente explorar novos destinos, ajuda a fortalecer laços afetivos e proporcionar experiências únicas para toda a família.

Conteúdos da Página:

    Viajar com os filhos

    Além de ser um escape da rotina diária, também é uma oportunidade para passar mais tempo de qualidade juntos, de partilhar experiências e de criar uma base sólida para um relacionamento saudável. Quando se trata de viajar com crianças tudo se transforma numa aventura repleta de desafios e recompensas. Sabemos que pode ser um stress para muitas famílias, pois muitas vezes a expectativa de descanso nas férias torna-se um verdadeiro fracasso para os pais e consequentemente, para os filhos.

    Por isso, queremos ajudar a descomplicar este tema e inspirar todos os que gostam e querem viajar em família , a fazê-lo de uma forma tranquila. Convido-vos a conhecer a Sofia e o Mário melhor.

    Este texto explora a magia das viagens em família, destacando momentos especiais, cuidados necessários, dicas úteis, destinos ideais e muito mais.

    Importância de viajar em família.

    A convivência constante durante uma viagem promove a comunicação, a compreensão mútua e a construção de memórias que durarão toda a vida. É uma oportunidade valiosa para fortalecer os laços familiares.

    Muitas vezes, a rotina que temos no dia-a-dia limita o tempo de qualidade que passamos juntos em família. Todo o stress do trabalho, responsabilidades escolares e outras atividades podem dificultar a comunicação entre os membros da família.

    No entanto, durante uma viagem, o ambiente é mais descontraído e as barreiras da rotina diária em casa desaparecem, e todos têm a oportunidade de partilhar pensamentos, sentimentos e experiências de uma forma mais livre e mais tranquila.

    viajar-com-criancas

    O simples facto de, viajar em família, existir o entusiasmo por conhecer um sítio novo, cria logo uma atmosfera mais propícia à descontração, seja durante um passeio a pé por uma cidade histórica ou durante uma tarde relaxante na praia.

    Também é nestas alturas que acreditamos que os comportamentos individuais e as personalidades se manifestam mais, enquanto se enfrentam desafios juntos, como planear itinerários, lidar com imprevistos ou adaptar-nos a ambientes diferentes. Estas situações mais desafiantes, oferecem oportunidades de crescimento e fortalecimento das relações familiares.

    Memórias para a vida: esta é uma das maiores riquezas de viajar em família – a criação de memórias partilhadas. Os momentos de descobertas, de risos, de choros, de desafios, de aventuras, tornam-se histórias que são recordadas e partilhadas ao longo da vida. E que, mesmo com crianças pequenas, ficam para sempre. Cada experiência de viagem contribui para a construção de uma memória, que num conjunto tornam-se base da identidade familiar.

    Por isso, as viagens em família não se limitam a explorar novos lugares. São como um empurrão para falarmos mais, compreendermos uns aos outros e construirmos memórias que ultrapassam as fronteiras do tempo. Ao criar este tesouro de experiências partilhadas, as viagens em família tornam-se uma fonte inesgotável de alegria e ligação entre os membros da família.

    Planeamento de uma viagem em família.

    Quando decidem fazer uma viagem em família e  de forma a tornar essa aventura incrível, devem focar-se também no planeamento, mas não precisa ser complicado. Vamos falar-vos de alguns alguns passos que ajudarão a tornar tudo mais simples e divertido:

    Escolher Destinos Adequados

    Comecem por decidir para onde querem ir, seja um lugar com praias para relaxar, um sítio com parques temáticos para as crianças se divertirem ou até mesmo uma cidade cheia de cultura. Viajar em família é muito importante respeitar os gostos de cada um, para que todos na família estejam animados com o destino. Por vezes pode ser difícil agradar a todos, mas o que importa é que no final da decisão, todos estejam satisfeitos.

    Logística do Transporte

    Agora, pensar em como vamos chegar lá. Esta parte depende muito também do destino, mas por vezes existem diferentes formas de lá chegar: carro, avião, comboio, autocarro? Devem avaliar o que é mais prático para todos. Às vezes, viajar em família de carro pode parecer aborrecida, mas também pode ser parte da diversão, se o caminho for agradável e com paragens em lugares interessantes. O avião pode parecer um pesadelo, mas também uma experiência única para uma criança. Avaliem os prós e os contras, e em conjunto decidam o que será melhor para toda a família.

    Alojamento Familiar

    Escolher onde ficar é outro ponto importante para quem viaja em família. Optar por acomodações que ofereçam espaço para todos ficarem confortavelmente é essencial. Seja em hotéis, em apartamentos ou até mesmo casas de férias podem ser boas opções, dependendo do estilo da família. Lembrem-se do que é importante para o vosso conforto numa casa, e tenham isso em consideração na escolha do alojamento.
    Por exemplo, se viajam com crianças pequenas será importante ficar numa casa térrea, sem escadas, sem perigos para as crianças. Se quiserem poupar dinheiro, considerem um alojamento com cozinha.
    Em alguns sites de procura de casas de férias podem colocar no filtro “Adequado para crianças”, facilitará a vossa procura.

    Itinerário Flexível para viajar em família

    Este ponto consideramos bastante importante, e é por esse motivo que não gostamos de planear muito as nossas viagens em família. Nas primeiras vezes que viajámos, muitas vezes acabávamos frustrados porque as coisas não corriam como esperávamos e os planos iam por água abaixo, e isso pode acabar por ser frustrante e até estragar umas férias. Por isso, quando planearem um itinerário, devem identificar os pontos que querem visitar mas deixem sempre espaço para surpresas. Um plano flexível vai permitir ajustes para aproveitarem oportunidades inesperadas ou para simplesmente relaxarem e desfrutarem do momento. Mesmo com um itinerário criado, não devem criar expetativas sobre o mesmo, principalmente se viajarem com crianças pequenas.

    Pesquisa sobre Atividades Familiares

    Quando tiverem o destino definido, procurem descobrir o que fazer em família. Pesquisar sobre atividades familiares antecipadamente ajuda a otimizar o tempo e a garantir que todos encontram algo que gostem: parques, museus, trilhas ou até mesmo um bom restaurante, podem fazer parte do roteiro.
    Importante todos terem opinião nesta escolha, para além de estarem a contribuir para a felicidade de todos na viagem, pode ser uma oportunidade de as crianças experienciarem a preparação da mesma e de se sentirem mais incluídos.

    Concluindo, planear uma viagem em família é como preparar uma festa onde todos são convidados. Com um pouco de organização, escolhendo bem os destinos, alojamentos e atividades, criamos as condições para uma experiência memorável. No final das contas, o importante é curtirem cada momento juntos, criarem memórias que vão durar para sempre. Viajar em família começa no planeamento, mas a diversão continua durante toda a viagem.

    Rio Sucuri Brasil

    Destinos Amigáveis para viajar em família

    Existem destinos ao redor do mundo que estão preparados e são convidativos a receber famílias. Parques temáticos, resorts com atividades infantis e cidades com atrações educativas, são as opções mais procuradas pelas famílias. Mas o destino deve sempre ir ao encontro do gosto de todos.

    Se procuram um destino quente ou tropical, porque todos querem aproveitar o sol, a praia, o mar, e relaxar, devem ter outros fatores em conta quando viajam com crianças. Por exemplo, se escolherem um destino tropical mas onde o mar é agitado e com ondas, as crianças poderão ter mais dificuldade em se entreterem no mar, e automaticamente os pais estarão também menos descansados.

    Atenção que não queremos com isto dizer que só certos locais são apropriados para crianças, somos a prova de que as crianças se adaptam em qualquer local no mundo. Mas, se conseguirem ir ao máximo de encontro daquilo que procuram, certamente a vossa viagem será mais agradável, e muitas vezes isso passa por serem sítios onde tudo, ou quase tudo, está preparado para receber famílias e proporcionar menos preocupações aos pais, e consequentemente umas férias descansadas.

    Dicas para Viajar com Crianças

    A paciência, a flexibilidade e a capacidade de adaptação são fundamentais.
    Com todas as viagens que fizemos, fomos aprendendo diversas formas de descomplicar e vários instrumentos para ajudar a tornar as viagens mais tranquilas. Obviamente que são na sua maioria, coisas que funcionam connosco, pois cada família é uma família, e cada criança é uma criança.

    Explicamos com um exemplo muito prático de quando se diz que numa viagem de avião com crianças, se deve escolher um voo de noite para garantir uma viagem mais tranquila. É mesmo? Imaginando que estamos a falar de uma criança que não está habituada a dormir em qualquer lado. Apesar de ser uma viagem no horário noturno, é uma viagem onde não há uma cama, o colo ou o assento é desconfortável, tem vários estímulos em redor… tudo isto pode tornar a viagem num pesadelo. Então, se assim for, não é melhor fazer a viagem de dia? Sim, vai ser necessário dar atenção e entreter a criança durante todo o voo, mas não é melhor estarmos 100% dedicados aos nossos filhos durante umas horas, do que passar por um momento de stress tão grande que pode até implicar que essa família nunca mais queira passar pelo mesmo e desista de o fazer (já conhecemos histórias assim :/ ).

    Por isso, temos muitas dicas que vamos partilhando e que podem ajudar a descomplicar as viagens com as crianças, desde formas de entreter no avião até formas de combater e ajudar no jetlag. São dicas que podem ser super úteis para muitas famílias ou que podem também de alguma forma ser adaptadas a cada um.

    Lidar com Desafios Inesperados

    Apesar de todo o planeamento cuidadoso, podem surgir desafios inesperados durante uma viagem com os filhos. Lidar com estes desafios é uma parte inevitável de qualquer viagem em família, mesmo quando o planeamento é meticuloso, e onde é importante descomplicar.

    Questões como condições meteorológicas imprevisíveis podem rapidamente transformar um dia de sol numa tempestade repentina, exigindo flexibilidade e preparação. Problemas de saúde também podem surgir, seja uma indisposição súbita ou uma lesão leve, exigindo atenção médica imediata. Além disso, também podem haver alguns desafios culturais, especialmente ao explorar destinos internacionais, que envolvem diferenças linguísticas, costumes locais e até mesmo choques culturais. Para enfrentar estas adversidades, é importante viajar de mente aberta, com resiliência e grande capacidade de adaptação. Se conseguirem transformar esses desafios em oportunidades de aprendizagem, estes imprevistos tornar-se-ão mais histórias do que problemas associados à viagem, e acabarão por proporcionar lições valiosas a todos.

    Se vos ajudar, podem sempre criar estratégias para lidar com estes desafios, como manterem-se informados sobre os destinos, terem um plano de contingência para imprevistos e cultivarem uma mentalidade positiva, Desta forma muito mais facilmente enfrentarão e superarão os obstáculos que podem surgir durante a aventura em família.

    Seguros e Saúde em viagens familiares

    A saúde e a segurança em viagens familiares são aspetos fundamentais a serem considerados para garantir uma experiência tranquila e proveitosa. Antes de fazerem uma viagem, é importante realizar uma revisão do estado de saúde de cada um pois desta forma poderão antecipar problemas de saúde durante a viagem.

    Dependendo do destino, a consulta do viajante é essencial, que para além de vos ser indicado quais as vacinas obrigatórias/recomendadas para o país onde vão, também terão acesso a diversas informações relevantes relativas à saúde, cuidados a ter e alimentação em cada país.
    Assegurar que estão com todas as vacinas atualizadas e que levam convosco os medicamentos necessários. Além disso, é altamente recomendável fazer um seguro de viagem abrangente que cubra despesas médicas, repatriação em casos de emergência e cancelamentos inesperados. Este seguro pode ser a linha de defesa crucial em situações imprevistas, proporcionará assistência financeira e apoio logístico. Nós, assim como muitos viajantes portugueses, sugerimos a IATI Seguros, pois da nossa experiência é a seguradora mais preparada para viajantes no mercado português, pois contam um apoio ao cliente brutal, e os preços também são bastante acessíveis, e do melhor em termos da relação qualidade/preço. Através deste link terão 5% de desconto na contratação de um seguro IATI. Como referido, também é prudente levarem convosco um kit básico de primeiros socorros, incluindo medicamentos de uso comum: Paracetamol, Ibuprofeno, reguladores intestinais, anti-histamínico e antibiótico, são exemplos de medicação que temos sempre no nosso Kit.
    Também é importante manter uma cópia dos registos médicos de cada membro da família, em formato digital, pois poderá facilitar o atendimento médico em caso de necessidade. Se conseguirem ter um contacto de um profissional de saúde, do médico de família, do pediatra ou até de um amigo/familiar na área da saúde, permite-vos obter mais rapidamente uma opinião especializada em caso de algum problema.

    Se quiserem ser ainda mais cautelosos, verifiquem onde fica a farmácia, cliníca/hospital mais perto do alojamento onde vão ficar, para no caso de alguma urgência já estarem preparados, sendo que a primeira coisa a fazer é contactar o staff do alojamento, pois eles certamente serão as pessoas mais aptas para vos ajudar sobre este tema.

    Recordações e Reflexões de Família 

    Certamente, o final de cada aventura em família marca não apenas o fim de uma viagem, mas também o início de um processo de reflexão. É o momento de contemplar não apenas os destinos visitados, mas as experiências partilhadas, os sorrisos trocados e os desafios superados em conjunto. Nesse contexto, destacamos a importância de transformar essas vivências em recordações tangíveis, como álbuns de fotos e diários de viagem. Estes registos não apenas capturam momentos, mas também preservam as emoções e a dinâmica única de cada jornada.

    Os álbuns de fotos, repletos de imagens que capturam sorrisos, paisagens deslumbrantes e momentos de descontração tornam-se testemunhas visuais das experiências partilhadas. Ao folhear essas páginas, os membros da família têm a oportunidade de reviver os momentos especiais e reacender as emoções que passaram em cada etapa da viagem. É como se, ao abrir o álbum, as memórias ganhassem vida. Já os diários de viagem são uma forma de eternizar não apenas o que foi visto, mas as reflexões individuais e coletivas que surgiram ao longo do caminho. Neles, cada membro da família pode registar aprendizagens e até mesmo narrar pequenos detalhes que poderiam escapar da memória ao longo do tempo. Essa prática enriquece a experiência retrospectiva.

    Além do valor intrínseco destes registos, ao partilharem essas lembranças de forma regular, a família envolve-se em um processo contínuo de conexão emocional. As recordações não se limitam ao momento da viagem, mas estendem-se ao presente, tornando-se um ponto de partida para novas conversas, risadas e planeamentos para futuras aventuras juntos..

    Ao concluir, viajar em família vale a pena não apenas refletir sobre as experiências vividas, mas também considerar maneiras de preservar esses momentos através de lembranças palpáveis. Estes registos são valiosos para enriquecerem a narrativa familiar, proporcionando significado e fortalecendo as emoções familiares. 

    Viajar em família ou viajar com os seus filhos é uma jornada única, repleta de descobertas, risos e desafios superados em conjunto. A beleza destas experiências reside na oportunidade de construir relações inquebráveis, explorar o mundo juntos e criar um legado de memórias que perdurará por gerações. Que cada viagem seja uma celebração da vida, do amor e da família.