descomplicados-logo-preto

El Nido é o destino mais famoso principalmente pelos seus tours a sítios deslumbrantes de cortar a respiração, que toda a gente já viu pelo menos uma vez nas redes sociais enquanto faziam scroll. Bom, foi com este intuito que decidimos vir, não com o intuito de fazer os tours todos que existiam (sim porque existem tours para tudo e mais alguma coisa neste sítio), mas sim para fazer pelo menos um deles ou apenas o mais popular. A zona de El nido na ilha de Palawan, a noss ver não tem as praias mais bonitas das Filipinas, nem é propriamente um local turístico que as pessoas passem 1 ou 2 semanas, mas diria que basicamente é um local que se vai para fazer alguns tours. É onde também tem o famoso tour de 2,3,4 ou 5 dias num barco que vai fazendo várias paragem até chegarmos à ilha de Coron, enquanto isso podem apreciar aquelas paisagens lindas, fazer mergulho, mergulhar em praias desertas e dormir em cabanas no meio do nada.

Conteúdos do artigo

    Como chegar a El Nido

    A ida para El Nido pode ser feita dependendo do sítio onde estão antes: desde avião de Manila; de barco desde Coron; ou de van/bus desde Puerto Princesa. A viagem de avião direto de Manila para El Nido é a mais confortável (demora 1h30), apesar de um bilhete só de ida custar no mínimo 7000 pesos por pessoa (115€) ou até mais, dependendo da época ou da antecedência da compra. Deve-se observar que a única companhia que opera esses voos é a Airswift (https://www.air-swift.com/) e os bilhetes devem ser comprados diretamente no site deles, em vez de sites intermediários.

    A outra opção é partir de Coron, que tem um ferry (https://www.phbus.com/atienza-shipping/) que opera diariamente pela manhã, demorando 5 horas e custando 3200 pesos por pessoa (53€). Considerando esse valor, pode-se pensar em gastar mais 1000 pesos por pessoa (16€) para fazer uma viagem confortável de avião (4200/4800 pesos por pessoa (62/78€)), que demora cerca de 40 minutos, operado apenas pela Airswift (https://www.air-swift.com/), com 1 a 2 voos diários, sendo aconselhável comprar com antecedência.

    A última opção, talvez a menos confortável, é partir de Puerto Princesa (https://www.skyscanner.com/), com bilhetes a partir de 900 pesos por pessoa (15€) se comprados com antecedência. Ao chegar a Puerto Princesa, é necessário apanhar uma van partilhada que custa 600 pesos por pessoa (10€) ou 6000 pesos (100€) por uma van privada (https://12go.asia/pt) ou reservar diretamente na chegada, demorando cerca de 5 horas a chegar a El Nido. Pelas nossas pesquisas, percebemos que o autocarro local não compensa, uma vez que a diferença de preço não é significativa e, além disso, demora 8 horas a chegar devido a várias paragens pelo caminho, sem contar que não possui ar condicionado.

    O que visitar em El Nido

    Podem visitar as praias que ficam a norte de Town Square em El Nido:

    • Duli Beach: Fica a 25 km e aproximadamente 40/50 minutos do centro. A estrada final até à praia é a parte mais demorada, pois é de terra batida com alguns buracos. É uma praia com um extenso areal e ondulação. Tem apoios de praia onde se pode almoçar e também alugar pranchas de surf ou ter aulas.
    • Lio Beach: Cerca de 7 km do centro, demorando cerca de 15 minutos. A praia tem apoio com bar e restaurante, e tem também cadeiras e espreguiçadeiras gratuitas. Fica praticamente junto do aeroporto de El Nido, sendo possível ver os aviões a aterrar bem de perto.
    • Nacpan Beach: Talvez a praia mais popular e conhecida em El Nido, fica a 20 km e cerca de 35 minutos, com a estrada final em terra batida. Conta também com apoios de praia, espreguiçadeiras, cadeiras e chapéus de sol para alugar.

    Se forem mais aventureiros, podem descer de tirolesa em Las Cabanas Beach (custa 600 pesos, cerca de 10€). Nós não conseguimos ir, mas quem já fez diz que vale muito a pena.

    Tours de barco:

    Existem quatro passeios às ilhas à escolha quando se visita El Nido: Tour A, Tour B, Tour C e Tour D.

    Cada Tour oferece destinos diferentes e geralmente duram o dia inteiro, com almoço incluído no valor. Costumam sair todos à mesma hora e chegam aos pontos de cada tour juntos, o que faz com que se aglomere muita gente ao mesmo tempo nos mesmos sítios, principalmente em época alta.

    Há opção de contratar Tours privados também, caso queiram evitar barcos cheios e a multidão em determinados lugares, porque podem combinar com o barqueiro a hora de saída e hora de volta, bem como os sítios a visitar.

    No nosso caso, escolhemos o Tour A, que é o mais famoso. O barco privado para 5 adultos e 4 crianças custou 12000 pesos (195€), já incluindo as taxas ambientais e o almoço, mas tivemos pouca sorte com o tempo. Após tantos dias seguidos de sol, no dia em que compramos o bilhete, choveu e ficou muito vento nessa noite. Quando acordamos de manhã, vimos as condições meteorológicas alteradas e ainda perguntamos ao vendedor se haveria condições para ir. A resposta dele foi simples e direta: “se não der para ir, o porto cancela o tour”. Confiamos e fomos, mas não vimos nada porque realmente estava um vento terrível e nuvens escuras, estragou todo o encanto que El Nido nos podia mostrar. No fim, ainda tentamos reaver algum dinheiro de taxas ambientais, mas também foi dito que já não havia possibilidade de devoluções. Um conselho importante: antes de comprarem algum tour, confirmem as condições meteorológicas (https://www.accuweather.com/en/ph/el-nido/265237/weather-forecast/265237), diríamos que acima de 25 km/h não será recomendado fazer o Tour, tendo em conta principalmente o vento e chuva, fundamental para se poder ver a verdadeira beleza daquele paraíso.

    Outra coisa a ter em conta quando se compra um Tour são as taxas ambientais. Os preços fixados não têm este valor incluído, e podem ser surpreendidos com esta taxa extra no fim da compra. Ao fazer um passeio de barco em El Nido, tem que se pagar uma taxa ambiental que custa 200 pesos por pessoa (3.25€). Depois, depende do tour que se faça ainda podem ter que pagar outra taxa de entrada nas ilhas, 200 pesos (3.25€).

    Peçam o recibo do pagamento dessa taxa, porque será válido por 10 dias. E caso façam outros passeios de barco em El Nido, não precisam de pagar novamente.

    Os diferentes Tours A, B, C, D, podem ser comprados nas barraquinhas de rua e podem tentar negociar sempre. O preço médio de cada tour é de 1300 pesos por pessoa (21€) + a taxa. Se preferirem e se sentirem mais confortáveis, podem comprar online no site do get your guide (https://gyg.me/fdqN0zXo), o preço será mais ou menos o mesmo e evitam mais um levantamento no ATM com as taxas absurdas de 250 pesos (4€), por cada levantamento.

    Onde dormir em El Nido

    Podem dormir no Jurias Garden Hotel, a 15 minutos a pé da Town Square, com pequeno-almoço buffet incluído, ao custo de 40€ por noite para 2 adultos e 2 crianças. Este local fica perto da estação de autocarros que parte para Puerto Princesa e outras regiões.

    O local ideal para hospedagem em El Nido será perto da Town Square, onde poderão “fazer tudo” a pé. Caso tenham mota, isso é irrelevante, uma vez que as maiores deslocações podem ser para a praia de Duli ou Nacpan. Se forem com a ideia de fazer apenas tours, estes costumam incluir a recolha na porta do hotel.

    Onde comer em El Nido

    Em Town Square há todo o tipo de restaurantes que possam imaginar, desde comida tailandesa, indiana, italiana; é só caminhar pelas ruas e escolher. Os valores são ligeiramente mais caros que os preços médios das Filipinas, porque El Nido é das zonas mais turísticas.

    Dicas e curiosidades

    El Nido é conhecido especialmente por ser um ponto de partida para vários tours programados, sendo o tour mais popular a expedição desde El Nido até à ilha de Coron.

    Em Town Square, que é o centro turístico em El Nido, há uma variedade de opções, desde lojinhas de roupa, espaços para massagens, discotecas e bares, além de muitas barraquinhas que vendem “tours”.

    Existem vários multibancos/ATMs espalhados por Town Square, e levantar dinheiro não é um problema.

    O aluguer de mota pode ser feito por preços que variam entre 400 e 600 pesos (7 a 10€), sendo ligeiramente mais caro do que em outras ilhas nas Filipinas.

    A melhor altura do ano para visitar é durante a época seca, entre dezembro e abril, embora o clima seja agradável praticamente durante todo o ano.

    Partilhe com os seus amigos