descomplicados-logo-preto

Conteúdos do Artigo

    Como Chegar a Koh samet

    Desde a cidade de de Bangkok tem que ir para o porto de Ban Phe, que é onde se apanha o barco para Koh Samet.

    A partir ao aeroporto de Bangkok, devem apanhar um grab (uber da Ásia) para ir até à estação de autocarros Ekkamai bus terminal. É deste terminal que saem a grande parte dos autocarros para vários pontos na Tailândia. Na estação podem comprar o bilhete diretamente quando chegarem ou então  comprar o bilhete combinado. Os bilhetes custam 450 baht – 12€ para a viagem só de autocarro ou 550 baht – 15€ para a viagem combinada de barco e autocarro (não fizemos esta opção, então não temos tantos detalhes).

    Como tínhamos de chegar a Bangkok e não queríamos fazer tudo seguido, decidimos fazer uma paragem a meio. No nosso caso saímos de Koh Kood, uma ilha mais a sul de Bangkok que pertence à cidade de Trat. Desde o porto Laemsok pier até à estação do terminal do bus em Trat Provincial terminal, custa 2€ por pessoa e demora 30 minutos num táxi local.

    Uma vez na estação podem comprar o bilhete de bus diretamente no local ou então pedir um grab. Nós optámos por pedir o grab porque erámos 4 e era mais rápido e confortável. Custou  775 baht – 20€ para os 4 e o trajecto demorou cerca de 2h30. Como o autocarro não pára mesmo no porto em Ban Phe, apanhámos um tuk tuk à beira da estrada onde o autocarro nos deixou, pagámos mais 100 baht – 2.60€ e demorou 5 minutos este trajecto até ao porto.

    Já no porto de Ban Phe ou Nuanthip pier (fica ao lado a 5 minutos a pé), podemos comprar o bilhete para o barco que faz a travessia. Tem a opção do fast boat que demora uns 10 minutos e custa entre 300/500 baht pp (8/13€), ida e volta. A opção do barco lento(público) que demora uns 45 minutos a 1 hora e custa  70/100 baht pp (1,80/2,50€) ida e volta. Os bilhetes de volta não tem data, ficam em aberto para quando deciderem regressar, só tem que enviar um sms a confirmar no dia de véspera.
    Atenção não confiem no primeiro preço que vos derem à chega. O vendedor que nos abordou em Ban Phe começou por nos pedir 3 vezes mais o preço do bilhete e não baixou de maneira nenhuma, até que virámos costas e fomos a outro vendedor que já nos vendeu pelo preço justo.

    Na entrada da ilha é cobrada a uma taxa do ambiente e preservação da ilha de 200 baht pp (5€). Tenham sempre dinheiro vivo porque todos estes pagamentos do barco e das taxas nunca são aceites a ser pagos com cartão.

    O que Visitar em Koh Samet

    Visitamos as praias mais a sul (Ao pakarang, Ao wai e Prao beach).

    Ao pakarang fica dentro de um resort mas pode-se entrar sem problemas. A praia é bonita mas o fundo tem algumas pedras . Também se pode comer no restaurante do resort que fica junto da praia .

    Ao wai beach é igualmente bonita, tem que se entrar pelo meio do resort e descer desde a estrada principal a pé em direcção à praia durante 5 minutos . Também tem apoios de praia para comer e beber.

    Prao beach tem que estacionar a mota antes da descida para a praia e caminhar 2 minutos até la. A praia é meio privada porque está rodeada de resorts. Não percebemos se podíamos usar os restaurantes dos resorts ou se era apenas para clientes . A praia em si é bonita e podem ficar por lá a usar livremente, apenas se usarmos as espreguiçadeiras temos que pagar, pediram-nos 26€ / 1h. Absurdo!

    Onde dormir em koh samet

    Chegámos a samet e fomos a pé durante 5 minutos até ao nosso Airbnb (la Bella samed). Pagámos 110 baht – 29€ por noite com ar condicionado e cozinha e sala .
    Ficámos localizados no centro e onde tem os restaurantes, bares e lojas.

    Se ficarem nesta zona onde é o centro de Samet, podem fazer tudo a pé, inclusive ir à praia. Qualquer das formas se quiserem explorar a ilha convém alugar mota. Se ficarem em outras zonas da ilha também convém ter mota para se descolarem e explorarem.

    Alugamos a mota diretamente com a nossa anfitriã e até tivemos um preço bastante em conta para os dois dias que lá tivemos.

    Onde Comer em koh samet

    Jantamos no sausage factory um restaurante que por acaso não tinha ninguém mas comemos umas boas pizzas e um frango grelhado com batatas fritas . Com bebidas e tudo pagamos 1000 baht – 26€ para 4 pessoas, não foi barato comparando com a Tailândia no geral, mas comemos muito bem e algo fora do comum e ainda sobrou para levar para casa. 

    Visitamos também uma feira local junto da rua principal. Tinha muitas luzes o que nos chamou a atenção e fomos espreitar. Comemos espetadinhas de rua grealhadas e acabamos por jantar por ali bem barato, experimentando várias coisas locais. 

    Dicas e CURIOSIDADES

    Os melhores meses para viajar para Koh Samet são de novembro a abril, quando o clima é seco e as temperaturas mais amenas. A estação chuvosa vai de maio a outubro e estes seriam os meses a evitar, podem até ter sorte e apanhar dias lindos e perfeitos, mas segundo a estatística convém evitar.

    Alugar uma moto logo à chegada no cais tem desde 120 baht – 3€ / 1h ou 300 baht – 8€ / 1 dia. Normalmente terá que se deixar o passaporte uma pagar uma caução que depois é devolvida na entrega . 

    Tem atm’s pela ilha, mas tal como em outros sítios na Tailândia convém ter dinheiro e não confiar muito que os atm funcionem sempre.

    Tailandia-KohSamet-Criancas
    Partilhe com os seus amigos